08
Publicado por Diéfani Favareto Piovezan | 0 comentários

Hoje o assunto do blog é um pouco diferente mas não foge tanto da temática e já já vocês entenderão o motivo.

Há algum tempo profissionais tem discutido o efeito da tecnologia na vida de nossas crianças, não somente isso mas também o fato de que embora auxilie em diversas áreas da vida dos pequenos, ele os afasta da vida familiar. Foi pensando nisso que a Educacross, empresa de Ribeirão Preto especializada em jogos educacionais, lançou o aplicativo Primeiro Herói. Ele visa não somente entreter crianças e ajuda-las com questões educativas mas também aproxima-la dos pais.

03

De acordo com o desempenho a criança ganha 1, 2 ou 3 estrelas em casa fase.

40

Números por extenso

 

O aplicativo é um jogo de várias etapas. Cada etapa tem 8 fases com desafios de lógica matemática. A cada etapa conquistada, o jogador ganha um acessório que irá auxiliar o seu herói. Os acessórios são diversos como capas, máscaras. Esses acessórios serão liberados pelos pais. Cada vez que a criança termina uma etapa, o pai ou a mãe recebe um e-mail que além do desempenho do seu Mini-Herói e liberação do novo acessório, irá sugerir atividades a serem realizadas no mundo real como por exemplo “Combine com seu mini-herói um sinal de cumprimento só de vocês” ou “Vamos contar uma história? Conte ao seu mini-herói a história do dia do nascimento dele”.

11

Mini-heroína e seus super acessórios.

1

Tela com o desempenho da criança

A empresa foi um pouco além e pensou também nos pequenos heróis que possuem deficiência motora.

“Substituímos o arrastar pelo clique-e-clique ou clique simples, apesar do aplicativo ser mobile, para facilitar o uso por pessoas com deficiência motora” disse Reginaldo Gotardo, sócio-fundador da empresa e um dos desenvolvedores do aplicativo.

34

A criança terá contato com diversos métodos de contagem, inclusive uso de ábacos.

 

24

Uso de casas decimais

 

Como bem sabem eu possuo além da deficiência auditiva, deficiência motora causada pela Síndrome de Brown Vialetto Van Laere e achei a ideia simplesmente ótima, pois é bastante dificil encontrar games que substituam essa função.

“Nosso foco são aplicativos educacionais para escolas e esse é nosso primeiro aplicativo para o público aberto e esperamos que dê certo pois temos várias ideias” declarou Gotardo.

 

15

Divisão

02

Noções de tamanho e grandeza

 

Para baixar o aplicativo e conhecer mais sobre sua proposta, clique aqui para ser redirecionado para a página do Primeiro Herói o aplicativo está disponivel apenas para Android, mas de acordo com Gotardo, haverá adaptação para iOS também.

E tem mais, recentemente a Fundação Lemann criou um projeto para desenvolver uma nova solução educacional com a ajuda de empreendedores brasileiros e a proposta é justamente o desenvolvimento de habilidade socio emocionais e o engajamento de pais na educação. O projeto teve dezenas de inscritos e entre eles, o Primeiro Herói, que agora está entre os 10 finalistas, o que prova o sucesso do aplicativo.
Para votar, basta clicar aqui,  cada estrelinha é um voto, e o projeto conta com todas as suas 5 estrelinhas para ganhar e alavancar de vez.

 

Screen Shot 2015-06-08 at 2.32.58 PM

Página para votação no projeto da Fundação Lemann

 

Além disso, a empresa visa futuramente ampliar a acessibilidade de seus jogos para usuários com outros tipos de deficiência, o que é raro hoje em dia, pois as empresas visam mais o lucro e a fama do que acessibilidade.

Outra informação que talvez seja relevante pros meus leitores é que eu sou aluna dos fundadores da EducaCross e pedi ao Gotardo para me orientar no TCC. Ele gostou muito das minhas ideias e depois que eu fiz uma pesquisa entre os Surdos Usuários de Língua Portuguesa, ele as achou ainda mais promissoras. Eu ainda não decidi qual dos projetos vou colocar em prática mas como podem ver, estou nas mãos de um bom orientador. Inclusive quero leva-lo ao encontro de Implantados e Usuários de AASI em Ribeirão Preto.

Eu não costumo falar de aplicativos por aqui mas fiquei feliz de verdade quando soube que era acessível para pessoas com deficiência motora e que a empresa tem planos de aplicativos acessíveis para outros tipos de deficiência, além disso, essa acessibilidade do aplicativo não foi mencionada por nenhuma outra página que falou dele.

Vamos ajudar a EducaCross a ganhar a votação da Fundação Lemann e colocar outros projetos em prática tornando o mundo mais acessível para nossas crianças? VOTEM!!!!!

 

 

26
Publicado por Diéfani Favareto Piovezan | 1 comentário

 

Gente eu estava no blog da Cinara e vi ela falando sobre esse assunto e isso me deu um estalo pra fazer um novo post. E sim eu sumi, mas eu ando sem tempo e bom, por mais que eu ame mantê-los informados, eu não respiro net 24/7.

Enfim, para um surdo o que é melhor? Um Apple ou um Samsung? Vejam bem. Antes de criticar, vocês precisam saber que eu tenho um iPhone 4 e um Galaxy Y, mas já usei e testei Galaxy SII e o SIII.

Pois então…tecnicamente falando o Samsung ganha do iPhone por ter flash player, uma câmera com resolução melhor, o som dele (pra ouvir musica sem fone) é bem mais alto, mas o iPhone ganha em velocidade de processamento, raramente dá pau ou trava um aplicativo e todos os Android que tive (foram 3) precisei dar restore umas 3 vezes, ao contrario do iPhone que nunca precisei.

O Android também tem melhor sistema de reconhecimento e transcrição de fala, coisa que o famoso Siri do iPhone peca horrores em fazer. O Android em si, tem a vantagem de haver inúmeros modelos, marcas, celulares de todos os jeitos para você poder usar, mas Apple, é iPhone ou iPhone.

Para quem acessa muito a internet do celular, o iPhone também é mais veloz e conta com um ótimo navegador que é o Safari. Já o Android é mais lerdo, o facebook tem um design relativamente diferente e o navegador deixa a desejar.

Bom, agora vamos para a parte que interessa. Mandar mensagens de texto do iPhone é bem mais confortável, pois no Android as telas ou são pequenas demais e ruim de digitar ou são muito grandes e é impossível usar apenas uma mão. A possibilidade de você errar letras é bem maior usando um Android. Fora que pra mudar de tela e ir pra símbolos e números você precisa clicar em um ícone e depois em outro…coisa que no iPhone é só clicar uma vez pra mudar e acabou.

“Ah Diéfani, mas eu tenho perda leve/moderada/ouço bem com AASI ou Implante e falo no telefone, como faz?” Pois então amiguinhos, o iPhone nesse quesito ganha em disparada. Os celulares com Android, em especial os Samsung que são os mais famosos, tem um áudio bem mais alto, porém DÓI o seu tímpano conversar nele, porque quando a pessoa fala algo num tom mais agudo, ele quase estoura. E se abaixar o volume ai não se ouve mais nada.

Sem contar que Android sofre muita interferência, quer fazer um teste? Pegue um celular qualquer e coloque perto da caixinha de som do PC (tem que ser desktop porque notebook não dá) e você vai notar que a caixinhas fica fazendo ruídos.

Já o iPhone, na hora de conversar é extremamente mais agradável, não incomoda nem um pouco e a interferência é ZERO, ou seja, além de ser bom e compensar pra gente, o preço que paga é JUSTO. Se você fizer o mesmo teste com as caixinhas de som, vai notar que com o iPhone elas não fazem ruído algum.

Bom, além de tudo isso, o iPhone conta com acessibilidades, você pode aumentr o tamanho das letras e ícones que aparecem na tela e o mais importante, usa-lo no modo “Compatibilidade com Aparelho Auditivo” que melhora muito a qualidade do som e não causa interferência nos AASI. Sem contar o famoso facetime, que eu não uso, mas que é uma mão na roda, surdos oralizados podem ler lábios e os sinalizados conversarem sem problemas.

“Tia, mas então, quem ganha?” Queridos, na minha opinião, por mais que e ame os Samsung Galaxy SII e SIII por exemplo, ainda assim, acho que iPhone ganha de 10 a 8, sim 10 a 8 porque como eu disse o Android ainda tem suas vantagens em cima do iPhone. Então eu, apesar de ser usuária dos dois, não desgrudo e não largo o meu iPhone por nadinha nesse mundo e se pifar, vou lá e compro um novo. Não vivo mais sem.

 

Beijo a todos 🙂

Procura ai
Que dia é hoje?
October 2017
M T W T F S S
« Jul    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
Contador de Visitas

Licença Creative Commons
O trabalho Igualmente Diferentes de Diéfani Favareto Piovezan foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Brasil.
Todos os direitos reservados - Design e Programação Igualmente Diferentes